O Servo em Missões

 

Família asiática se rende a Cristo

[...] Na Ásia Central, um dos cola-boradores da Portas Abertas disse que foi recebido com muito amor e hospita-lidade. Sheeba*, a filha mais nova de um casal de surdos serviu de intérprete. Ela começou: "Meus pais eram muçul-manos e eles são surdos desde o nasci-mento. Eu fui a primeira da família a re-ceber Cristo, com nove anos de idade, quando algumas pessoas de outro país compartilharam o evangelho comigo".

Ela conta que, em seguida, a mãe e as irmãs também se converteram. Meu pai ficou desconfiado no início. Depois de alguns anos, minha avó ficou doente. Sheeba explica que na cultura do país, é normal que as pessoas façam orações aos espíritos de pessoas que já morre-ram para pedir a cura. Seu pai passou muito tempo fazendo isso e nada acon-teceu. Ela então perguntou a ele se po-deria orar a Jesus, pedindo pela saúde da avó. "Ele disse que eu poderia tentar. Eu orei e, no dia seguinte, ela estava completamente curada. Meu pai ficou maravilhado e aceitou a Cristo em seu coração", revela. Meu irmão mais ve-lho, vendo tudo isso acontecer, disse que para meu pai ter mudado tanto as-sim, realmente deveria existir um Deus real, então ele também se converteu e nossa família se tornou um exemplo para a comunidade local de surdos".

*Nome alterado por motivos de segurança.

Fonte: portasabertas.org.br

240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg