ENTREVISTA

 

O jornal O servo entrevista nesta edição a Irª. Ana Carolina (Carol)

Ramá – Petrópolis - RJ.

 

 

 

 

O servo: Entre os anos de 2015 e 2018 muitos irmãos (jovens) se casaram. Quando foi o seu casamento com o Iuri?

Irª. Carol: Casamos no dia 9 de abril de 2016.

 

O servo: Quanto tempo depois você engravidou? Sua gravidez foi desejada e planejada?

Irª. Carol: Descobri a gravidez em setembro de 2017. A gravidez foi muito desejada e planejada, embora meu marido queria esperar mais um pouco, ficou apreensivo no início, mas depois ficou muito feliz, pois sempre desejou uma menininha.

O servo: Que situação foi mais dificil passar durante a gravidez?

Irª. Carol: A gravidez teve alguns períodos conturbados, nos primeiros 3,4 meses; passei muito mal devido aos estresses do dia a dia no trabalho, e no casamento. Mas, Graças a Deus, tive uma gravidez bem saudável.

O servo: O parto foi cesariana ou normal?

Irª. Carol: Eu tinha muito medo do momento do parto, pedia a Deus para ser normal. Sabia que não seria fácil, por isso orava a Deus para que Ele fizesse o que fosse melhor para mim. Então, Deus me deu forças para ter minha menina de parto normal. Realmente a dor é grande, mas quanto mais aumenta, mais Deus nos dá forças. Depois que a criança nasce, a gente esquece a dor que sentiu. Fiquei 6h em trabalho de parto, nos últimos 30 minutos foi um pouco difícil, mas Deus fez minha menina chegar tendo lutas, mas fazendo-a forte

O servo: Com a chegada da Ana Júlia mudou alguma coisa no seu relacionamento com seu esposo?

Irª. Carol: Sim, bastante coisa, nosso relacionamento melhorou muito (não que fosse ruim), mas Deus nos fez crescer, e tem nos aperfeiçoado no amor, no respeito, na parceria um para com o outro.

O servo: Um bebê precisa de uma série de cuidados, como: exames, idas ao pediatra, vacinas, etc. Nesse momento dificil que nosso país tem passado, principalmente na área da saúde, você tem encontrado dificuldades para dar assistência à sua filha na sua cidade?

Irª. Carol: Ela fez todos os exames quando nasceu, e tomou todas as vacinas (vejo em alguns grupos de mães que faço parte nas redes sociais falando sobre a falta de algumas vacinas na rede pública onde moram, e na rede particular é difícil por conta do valor), mas sou grata ao Senhor por nos abençoar e poder levá-la todo mês ao pediatra.

O servo: Conte-nos uma experiência que marcou você durante esses meses de maternidade.

Irª. Carol: Uma experiência que tive, não ruím, mas meio dolorosa, foi no início em relação a amamentação, mas Graças a Deus não desisti e hoje estou há 7 meses conseguindo amamentar, e minha menina é forte por conta disso também.

O servo: Deixe um versículo para os irmãos.

Irª. Carol:Eis que os filhos são herança do Senhor, e o fruto do ventre o seu galardão” (Salmos 127:3).

cda27d8e-8082-4082-b0a7-75eb284c57d0.png
240819-uTbUsOQtPDd4H.jpg